O marketing de conteúdo e o inbound marketing andam juntos lado a lado, o sucesso de um depende do outro. Vamos falar aqui sobre a importância do Marketing de Conteúdo para uma boa estratégia de inbound marketing. Vamos lá!!

Vamos imaginar duas situações: na primeira, uma empresa se deu conta da importância do relacionamento com o cliente nas mídias digitais e recorre a produção de conteúdos, ela cria uma página nas redes sociais, e passa a fazer postagens semanais, mas, não parou para pensar qual seria a melhor rede social, para encontrar seu público e não criou nenhum cronograma de postagem. Na outra situação, outra empresa teve contato com o inbound marketing, desenhou uma estratégia, porem nunca teve contato com o inbound e resolveu não investir em uma produção de textos frequentes, pois não viram necessidade. Na sua opinião, qual das duas terá mais sucesso? A resposta é: provavelmente nenhuma.

 

Marketing de conteúdo

 

Marketing de conteúdo é aquele conteúdo que é feito com o intuído de educar, informar, entreter, ou seja, construir um relacionamento com os visitantes de sua página/seguidores, com o objetivo de torná-los clientes.

A ideia consiste em educar as pessoas, mostrar as qualidades da empresa, para que esses visitantes não só conheçam a marca, mas a respeitem e a tenham como referência no mercado e venham a converter.

Segundo a Content Marketing, o Marketing de conteúdo conectar-se na criação e distribuição de conteúdos de valor e que tenham relevância para atrair uma espectadores definidos para que, esses visitantes venham a se tornar clientes. Aqui falamos de uma produção frequente e pré-definida, o compartilhamento de matérias uteis que ajuda a sua persona a entender mais sobre sua empresa, já eliminando algumas das objeções mais comuns, até transformá-la em cliente.

Muitas vezes as pessoas confundem esse método com Inbound Marketing, porém é importante saber que são coisas diferentes, apesar de usarmos elas na mesma estratégia como complemento, temos que entender que não são sinônimos.

 

Inbound Marketing

 

A ideia do Inbound Marketing é, ao invés da empresa sair ligando, fechando listas prontas para ir atrás de clientes, é fazer com que o cliente voluntariamente encontre-a por meio de mecanismos de busca, sites de referência, redes sociais, etc.

Nesse modelo o cliente que chega até o site da empresa, não esta necessariamente em um momento de compra, mas sim para buscar as respostas que precisa, matar alguma curiosidade, ou ate mesmo por pura curiosidade.

Nos tempos atuais é uma técnica que se encaixa perfeitamente, pois cada vez mais quando surge alguma dúvida vamos a sites de busca encontrar respostas, então se sua empresa está produzindo conteúdo de qualidade nas plataformas digitais, a chance de um futuro cliente chegar ate você nesse primeiro momento é muito grande.

Como falamos anteriormente, a intenção não é que uma pessoa que está visitando seu site, seja por curiosidade ou para tirar alguma dúvida venha a se tornar cliente exatamente na primeira visita. No inbound a relação não se resume a visitante e cliente. Há todo um funil de vendas que segue uma ordem bem definida e detalhada que é: Visitante – Lead – Oportunidade – Cliente.

Sendo cada uma delas de extrema importância, o primeiro momento de visita, acontece quando a pessoa apensa passou pelo seu site. Consideramos esse visitante um Lead quando por algum chamada de ação assina um newsletter ou baixa algum material, deixando seus dados de contato como uma “moeda de troca”.

Agora que já temos os dados daquele Lead, vamos educá-lo com o passar do tempo, seja por e-mail marketing, posts nas redes sociais, ou posts no blog, e só nesse momento em que o vendedor entrará em contato direto com o futuro cliente.

Depois de todo esse trabalho, esperamos o lead conhecer e estudar bastante sobre seu problema, para que finalmente venha a adquirir seu produto.

Fora isso, existem basicamente 5 etapas fundamentais que são parte de uma estratégia de Inbound Marketing. Isso torna da metodologia um processo pautável, escalável e previsível de aquisição de clientes, essas etapas são as de: Atração – Conversão – Relacionamento – Venda – Análise. Não vamos nós aprofundar nessas 5 etapas aqui, caso venha a se interessar mais sobre o assunto leia em nosso blog, Inbound Marketing: O investimento que faz a diferença.

 

Qual a relação entre os dois?

 

Como pode perceber, todo o processo de conquista do cliente está baseado no conteúdo. Produzi-lo é essencial, porém, apenas o conteúdo isolado não conseguirá trazer grandes resultados para seu negócio.

É necessário entender que conectar o conteúdo a uma metodologia de inbound marketing que faz a diferença, o que inclui várias outras estratégias como, estudo das personas, melhorias no site, SEO, mídias digitais, landing pages, entre outras.

Podemos dizer que o Inbound Marketing engloba uma serie de estratégias, entre elas e sendo uma das principais está o Marketing de conteúdo. Sem conteúdo não há inbound podemos dizer que o conteúdo funciona como um combustível de todo esse processo que conduzirá o lead até o momento de venda.

Nesse processo de integração entre as estratégias apresentadas, é realmente necessário contar com boas parcerias, que tem o conhecimento e a prática necessária para esse suporte, no planejamento, na execução e na análise das métricas. Indicamos que se invista em parcerias com empresas de Inbound Marketing e Marketing de conteúdo, o investimento vale muito a pena, se nos pensarmos no ROI, as estratégias de Marketing Digital têm um retorno por investimento muito expressivo, já que alavanca os negócios das empresas, trazendo muito mais clientes e aumentando o faturamento.

E sua empresa, já usa esse tipo de estratégia?